Bons drinks

Bebidinhas trends

Não se sabe ao certo quais os motivos, sejam eles tristes ou felizes, que levam o jovem a se jogar de corpo e alma nos rolês alcoólicos que a noite brasileira têm a oferecer. No entanto, muito se ouve falar sobre as bebidas que tomam conta das mesas de bares, dos mais refinados aos mais pé sujos, no happy hour, em casa ou nas mãos de muita gente nas festinhas.

Cinco @s, que me juraram de pé junto que não tem problemas com bebida, apontaram algumas que estão em alta no momento:

O imbatível “Litrão” – Bianca Catarina, 22 anos  @biancacatarina

“Cara, eu indico o Litrão (de Antártica) porque é bom e, se custar até R$10, ainda é barato. Dá pra dividir com os amigos, é só pôr na mesa e todo mundo vai tomando. Eu já fico OK com uns três litrões, então um rolê de R$ 30 reais já me deixa feliz”.


Corote de Blueberry – Tohn Neves, 22 anos  @lordedocaos

“Eu sou do time da bebida barata, quanto menos eu puder gastar pra ficar louco, melhor. O corote de blueberry bombou muito no carnaval passado e é muito bom nos rolês que são em lugares abertos, se faz muito calor. Não sou de bebê-lo sozinho por conta do alto teor alcoólico. É bom para dividir com os amigos, a não ser que a pessoa seja pinguça”.


Skarloff de Limão + a coringa Catuaba – Débora Helena, 20 anos @purplesbed

“Misturo Skarloff de limão com catuaba. Pode ser de qualquer tipo de catuaba. É bom, docinho e excelente pra mim, já que não gosto de cerveja. O máximo que bebo são uns 4 drinks desses na noite. A maioria dos meus amigos mistura catuaba com cerveja também, e é legal porque não dá pra sentir muito aquele gosto forte da catuaba. Fica parecendo um suco de uva”.


Le chic vinhozinho – Dhannyd Quaresma, 23 (@odhannyd) e João Guilherme, 32 (@carangayjo)

WhatsApp Image 2018-11-24 at 21.52.53
Dhannyd e João estavam tomando vinho durante a entrevista. Foto: Dhannyd Quaresma

Dhannyd: “Nós degustamos vinhos às segundas; na verdade, mudou pras terças. Tenho comprado vinhos argentinos e chilenos maravilhosooos, tintos e suaves. Uma vez eu tava muito pobre e comprei um vinho brasileiro de R$ 14 reais, foi péssimo, mas enfim, era vinho. Esses que custam cerca de R$ 30 reais são medianos, mas tens uns muito bons que eu ainda não consegui comprar, que são de Portugal ou da Itália. A minha relação com ele é a finesse, o gosto, e eu acho que é uma bebida que tem um ar de serenidade, uma plenitude de rolezinho em casa.

João: “Pra mim não é nada disso (de finesse). A questão é que se eu estiver tomando cerveja, e se eu estiver bem alimentado, preciso de pelo menos 4 litrões pra ficar no brilho. Com o vinho, eu tomo duas taças e já quero tirar a roupa. Só pra acordar depois que é um problema”.

Dhannyd: “Sim, deixa a gente bêbado mais rápido. A gente dorme tranquilamente, mas acorda um pouco desequilibrado (risos). É um problema acordar, mas hoje já não tenho tanta ressaca quanto antes. Tomamos vinho porque ele é suave e traz mais tranquilidade. Vinho em casa com os amigos é ótimo.


Combo de absolut – Social Media de 23 anos – Não quis se identificar, mas quis participar da matéria

“Tem uns rolês héteros e caros que tem tipo uns combos numerados, que vem com alguma garrafa de bebida num balde, gelo e energético. Me junto sempre com uns quatro amigos e compramos o combo que vem com Absolut. A gente bota um pouquinho de cada, mistura o Absolut com enérgico, ‘tudo pra mim!’, senti até o gosto aqui! É uma bebida muito forte e dura até a metade na noite, dependendo do quanto todo mundo vai beber. Se acabar, a gente compra cerveja e termina de estragar a vida (risos)”.

Anúncios

0 comentário em “Bebidinhas trends

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: