Terminal 5 será palco da peça “Menina Miúda”

Para ‘Menina Miúda Produções Artísticas’ falar sobre amor nunca sai de moda. Por isso, o desassossego do coração e o jogo de conquista serão as temáticas abordadas em seu espetáculo de rua. A encenação acontece no próximo sábado (27), a partir das 15h, no Terminal 5, zona leste de Manaus, como parte da programação da Virada Sustentável 2019.

A apresentação é gratuita, e seguindo a tradição das manifestações artísticas de rua, será passado o chapéu para contribuições espontâneas do público. O local também contará com a participação de um intérprete de libras.

Zé (Cairo Vasconcelos) e Constância (Mikaela Raícham) na estreia de ‘Menina Miúda’/Foto: Isabela Heloísa

A obra é baseada no texto do dramaturgo Euler Lopes e o enredo da peça conta a história de Zé, um paquerador esperto que tenta a todo custo conquistar o coração de sua amada Constância. Ao perceber que a moça não irá ceder aos seus gracejos, o personagem inicia uma aventura recheada de muita lábia, promessas e poesia para provar o seu amor.

Em cena, inspirações como a literatura de cordel e o colorido típico da cultura nordestina irão complementar os pavimentos acinzentados que dão passagem ao tráfego dos ônibus e das pessoas no T5.

Um novo cenário para a descentralização da cultura

Zé (Cairo Vasconcelos) iniciando cortejo do espetáculo/Foto: Isabela Heloísa

Em um bate-papo descontraído com Cairo Vasconcelos, diretor e ator do espetáculo “Menina Miúda”, foram ilustrados alguns pontos sobre a escolha do local para a apresentação. Diferente do que estamos acostumados a ver em relação a cena teatral, com cadeiras enfileiradas e cortinas vermelhas que abrem-se ao apagar das luzes, Cairo aposta que a interação e contato com o público proporcionado pela arte de rua são os pontos mais importantes para a encenação.

“O Terminal 5 é um lugar muito simbólico. Além de ser enorme é onde podemos encontrar moradores de todos os bairros da zona. Escolhemos esse espaço a partir de um dos nossos objetivos enquanto grupo e enquanto fazedores do teatro de rua que é descentralizar as apresentações culturais. No T5 tem um grande fluxo de pessoas e ali também ocorrem manifestações culturais/sociais dos moradores. Então a interação com o público é constante, as reações são diversas. Sempre tem o momento de estranheza mas também tem riso e gargalhada” – conta Cairo.

Imagine você sair de casa em uma tarde de sábado qualquer em Manaus. Sol ardente, asfalto quente, o vento corre a intensidade da cidade e você caminha de forma habitual em direção ao ponto do ônibus. Sob os telhados do T5, será possível observar a movimentação incessante, o fluxo de gente, a densidade e a fluidez, a multiplicidade e a singularidade do encontro de culturas que há ali.

De repente você irá avistar um cortejo, ouvir cantoria, ver pessoas pintadas. No meio desse vai e vem da multidão, desse encontro e desencontro popular, você começará a notar que uma história será contada.

Mesmo que não haja interesse em um primeiro momento, a curiosidade acabará vencendo e você de alguma forma será atravessado pelo que estará exposto ali. A espera pelo ônibus ficará em segundo plano diante do enredo envolvente. E restará um único pensamento a ocupar a mente: Será que Zé vai ganhar o coração de Constância?

Sobre o ‘Menina Míuda Produções Artísticas’

A produtora Menina Miúda surgiu em 2019 e tem como objetivo contribuir no cenário cultural da cidade por meio de cursos, workshops e espetáculos, proporcionando novas experiências artísticas ao público e a comunidade teatral.

Ficha técnica

Direção: Cairo Vasconcelos/ Atores: Cairo Vasconcelos (Zé); Mikaela Raícham (Constância)/ Maquiagem e caracterização: Emille Nóbrega/ Preparação Corporal: Alex Lima.

Menina Miúda nas mídias

Instagram: @meninamiudaprod/ Facebook: Menina Miúda Produções Artísticas/ E-mail: meninamiudateatro@gmail.com

Anúncios