Espetáculo ‘Mocinha’ foi o único do Norte a ser selecionado para o Festival CéU, em Brasília 

*Por Íris Brasil

O espetáculo ‘Mocinha’, produzido como Montagem Cênica de Conclusão do Curso de Bacharelado em Teatro da Esat/UEA da estudante Íris Brasil de Araújo,  montado por ela e pelas acadêmicas Karoline Medeiros de Araújo e Luana Cristina Nascimento Macedo foi aprovado no Festival CéU – Cena Universitária Nacional de Brasília, que ocorrerá entre os dias 12 a 17 de novembro.

‘Mocinha’ é um espetáculo de teatro performativo que aborda narrativas ligadas à violência doméstica, além de evocar histórias de vítimas de feminicídio em Manaus, capital do estado que se encontra em terceiro dentre os que mais mata mulheres.

Esta produção é uma construção de escuta e ação, que surge da urgência em se falar sobre violência contra mulheres. Durante o processo, as artistas estiverem em contato com órgãos e instituições comprometidas com prevenção e o acolhimento de vítimas, como a Subsecretaria Municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres, ligada à Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

IMG_2266

Orientada pelos professores Taciano Araripe Soares e Vanja Poty, ‘Mocinha’ foi o único espetáculo da Região Norte a ser selecionado para o Festival CéU, que surgiu em 2017 já como um dos maiores festivais universitários do país. Na sua segunda edição os criadores estão realizando o evento mesmo com o cancelamento do edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) o que o torna um símbolo de resistência. O festival tem como objetivo o intercâmbio entre os estudantes universitários de teatro em âmbito nacional.

Como não contaram com apoios governamentais nem municipais, as artistas compraram as passagens mas iniciaram uma Vakinha para custear os gastos com as passagens. “A equipe de produção do festival nos disponibilizou a hospedagem e alimentação. Esperamos este suporte para continuarmos a conduzir o teatro manauara pelo Brasil.”

Anúncios